Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro


Saúde reforça orientações sobre conjuntivite


 

 

A conjuntivite é uma inflamação da conjuntiva, a membrana fina e transparente que reveste a parte branca dos olhos e o interior das pálpebras. Pode ser causada por vírus, bactérias, fungos ou por reações alérgicas. É uma doença muito comum principalmente nos meses de verão, pois a umidade e o calor favorecem a disseminação do vírus, e também na primavera, devido ao contato com os pólen das flores.

 

Os principais sintomas da conjuntivite são olhos avermelhados e lacrimejantes, sensação de corpo estranho ou areia no olho, coceira e inchaço nas pálpebras. O paciente também apresenta dificuldade de abrir os olhos e maior sensibilidade à claridade e, por isso, o uso de óculos escuros ajuda a diminuir o desconforto. Em alguns casos pode apresentar uma secreção purulenta.

 

O contágio se dá principalmente pelo contato de objetos contaminados com os olhos. Por isso não se deve compartilhar lençol, fronha, toalhas ou maquiagem com outras pessoas. Também se deve evitar o uso frequente de lentes de contato sem limpeza, a exposição a poluentes ou produtos químicos que possam causar alergia, a permanência em locais com aglomeração de pessoas e, principalmente, coçar os olhos com a mão suja.

 

Na manifestação de algum dos sintomas, a recomendação é procurar a unidade de saúde mais próxima de sua residência, como as clínicas da família ou centros municipais de saúde. O paciente pode ser afastado de suas atividades habituais por orientação médica, evitando assim o contato e a transmissão para outras pessoas.

 

 

 




Serviços Serviços