Nossos Campeões: Ginastas da Vila Olímpica Greip, na Penha, integram a elite brasileira do esporte

Publicado em 03/10/2019 - 16:39 | Atualizado em 21/11/2019 - 10:13
Série Nossos Atletas. Ginastas da GREIP, Vila Olímpica localizada na Penha, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Na foto, Giane Barbosa, de 8 anos. Fotos Marcos de Paula / Prefeitura do RioSérie Nossos Atletas. Ginastas da GREIP, Vila Olímpica localizada na Penha, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Na foto, Giane Barbosa, de 8 anos. Fotos Marcos de Paula / Prefeitura do Rio

Cambalhota nem sempre é sinônimo somente de diversão. No caso de Jeanne Barbosa, de apenas 9 anos, a brincadeira de criança é também um sonho e uma profissão para o futuro. A menina descobriu a ginástica olímpica há apenas seis meses e, hoje, é uma das principais promessas da Vila Olímpica Greip, na Penha.

– Minha mãe me levou pra fazer balé, mas a moça que dava aula falou que eu não encaixava muito bem com aquilo porque eu ficava dando cambalhota no meio da sala – conta a menina, já com planos para o futuro: – Quando eu crescer, quero ser igual à Daniele Hypolito, porque vi uns vídeos e me deu vontade de ser ela.

Veja mais da série Nossos Campeões:

Cria da Vila Olímpica Oscar Schmidt é promessa para os jogos de Tóquio em 2020

Filho de catador em lixão desativado é campeão brasileiro de luta

O Greip é um celeiro de promessas da ginástica. Sete das 12 atletas de alto nível da vila olímpica conseguiram índice e puderam disputar o Brasileiro junto à elite da categoria, em junho, na Arena Olímpica, na Barra. Ana Beatriz Melo, 14 anos, ficou com o ouro da sua faixa etária, no Estadual, em maio. Na mesma competição, Giovanna Ribeiro, 12 anos, foi medalha de bronze.

– Eu sou um pouco competitiva, mas sou um pouco medrosa também. O professor sempre dá força, mostra que a gente deve acreditar. E eu levo (a ginástica) como algo sério – diz Ana.