Prefeitura do Rio desfaz 20 ligações clandestinas de água e de energia elétrica em Deodoro, na Zona Oeste, em ação conjunta

Publicado em 05/08/2020 - 17:19 | Atualizado
Esta é a segunda operação integrada pela Seop com a Cedae e Light nesta semana, totalizando 24 flagrantes de “gato”. Foto: Divulgação

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), realiza, nesta semana, ações conjuntas com a Cedae e a Light, além de diversos órgãos municipais e a Polícia Militar, para checar denúncias de furto de água e de energia elétrica em bairros das zonas Norte e Oeste. Nesta quarta-feira, dia 5, as equipes identificaram e cortaram 20 ligações clandestinas (cinco de água e 15 de energia elétrica) em Deodoro, na Zona Oeste. Na última segunda-feira, foram encontrados outros quatro “gatos” em Lins de Vasconcelos, na Zona Norte, totalizando 24 flagrantes nesta semana.

As ligações abasteciam diversos comércios irregulares. Somente na ação de hoje, mais de 20 estruturas irregulares foram notificadas pela Coordenadoria de Controle Urbano, da Secretaria Municipal de Fazenda. São módulos, trailers, barracas de lanches e de peixes e até cama elástica (pula-pula) que ocupam indevidamente área pública próximo às ruas Brigada Belo, Calixto da Silva, Damião dos Santos e Manoel Mendonça, e Estrada de Gericinó. Ainda no local, veículos foram removidos por estacionamento irregular.

Já no Lins, a Light retirou três pontos clandestinos de energia elétrica e cinco quilos de fios, e a Cedae desfez uma ligação que abastecia um lava a jato, dois trailers e uma pequena comunidade atrás do terreno alvo da operação, localizado na Rua Engenheiro Eufrásio Borges, altura do número 14. Na ocasião, foram fiscalizados três trailers sobre a calçada, e apreendidas 66 bebidas diversas, quatro cadeiras e uma mesa. Cerca de 200 quilos de resíduos sólidos foram recolhidos, e um veículo removido por estacionamento irregular.

“Blitz da Vida” percorre bairros da Zona Sul nesta semana. Nesta quinta (6), estreia em Ipanema

As ações conjuntas da “Blitz da Vida” – que aliam ordenamento urbano com demais medidas de enfrentamento à Covid-19, como a distribuição de máscaras – prosseguem na Zona Sul, nesta semana. O roteiro alterna os bairros de Copacabana, Leblon e Ipanema. Hoje, a “Blitz” está em Copacabana, segundo bairro contemplado pela operação (o primeiro foi o Centro), passou ontem pelo Leblon e amanhã estreia em Ipanema.

No Leblon, a fiscalização percorreu as ruas Dias Ferreira e Conde de Bernadotte, e as avenidas Ataulfo de Paiva, General San Martin, Delfim Moreira e Afrânio de Melo Franco. Nove estabelecimentos passaram por inspeções sanitárias, com cinco multados por irregularidades, como falta de licença e de higiene, e horário em desacordo com o decreto municipal de combate à pandemia. Também foram fiscalizados 30 ambulantes, entre eles 12 não autorizados orientados a se retirar; removidos três veículos por estacionamento irregular; multadas 15 vans e kombis do transporte complementar; e abordada uma pessoa em situação de rua. Um cidadão foi conduzido para a 14ª DP (Leblon) por desobediência. O homem se recusou a colocar a máscara e não quis se identificar para a aplicação da multa.

Balanço da Blitz – Em duas semanas, de 21 a 30 de julho, a “Blitz da Vida” acolheu 51 pessoas em situação de rua das 108 abordadas, fiscalizou 231 atividades comerciais (142 estabelecimentos e 89 ambulantes), e distribuiu mais de 650 máscaras. Outros resultados foram a remoção de 30 veículos por estacionamento irregular, autuação de 89 vans e kombis do transporte complementar de passageiros, retirada de 23 ligações clandestinas de energia elétrica, e recolhimento de 13 toneladas de resíduos sólidos. No período em questão, os agentes percorreram pontos de grande movimentação de pessoas do Centro e Copacabana, promovendo ainda a limpeza e desinfecção de alguns espaços.

Integração – Além da Light e da Cedae, as ações integradas pela Subsecretaria de Operação (Subop) da Seop contam, de acordo com a necessidade operacional, com efetivos da Guarda Municipal, e das coordenadorias de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (Cfer), Especial de Transporte Complementar (CETC) e de Cuidado e Prevenção às Drogas (CPD), todas ligadas à pasta; Subsecretaria de Licenciamento, Fiscalização e Controle Urbano (da Secretaria Municipal de Fazenda); Subsecretaria de Vigilância Sanitária (da Secretaria Municipal de Saúde); Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos; Comlurb; e Polícia Militar.