Ações do Cuidar da Cidade beneficiarão 40 mil moradores em Santíssimo, na Zona Oeste

Publicado em 22/10/2019 - 12:43 | Atualizado em 23/10/2019 - 10:02
A limpeza do leito e das margens de valões estão entre as principais ações da Prefeitura em Santíssimo. Foto: Marcelo Piu/ Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, acompanhou na manhã desta terça-feira, dia 22 de outubro, o início das ações do Cuidar da Cidade em Santíssimo, na Zona Oeste. Nesta 34ª edição do programa de zeladoria, estão previstos, ao longo da semana, atendimentos com base em 102 chamados feitos por moradores à Central 1746. A maioria das demandas é relacionada a serviços de iluminação pública (58) e poda de árvores (28). As vias com mais solicitações são a  Estrada da Posse e a Rua Waldir Calmon, mas,  ao todo, cerca de 50 ruas vão receber ações dos órgãos municipais, que beneficiarão cerca de 40 mil moradores. Os serviços serão executados ao longo da semana.

– Hoje, a gente amanheceu em Itaquê, área de Santíssimo. Tem muita coisa para ser feita: tapar buracos, podar árvores, trocar lâmpadas queimadas, limpar bueiros e também melhorar o campo de futebol daqui. Vamos colocar nova grama sintética e reformar todo o alambrado – afirmou Crivella, lembrando em seguida que também será feita a dragagem do Rio dos Cachorros.

 

Restauração de fiação e troca de lâmpadas estão sendo feitas pela Rioluz na região. Fotos: Marcelo Piu/ Prefeitura do Rio

 

Como nas outras regiões já atendidas, o Cuidar da Cidade executará ainda varrição manual, limpeza de ralos, remoção de lixo, entulho e bens inservíveis, reboques de carcaças de carros abandonadas, raspagem de postes, roçada e capina de vegetação, além de plantio de mudas em canteiros espalhados pelas laterais das vias públicas. Também há drenagem, pavimentação e retirada do acúmulo de água nas ruas do entorno.

A esteticista Jussiara Alvarez da Costa, de 32 anos, disse que acordou com o barulho das máquinas da Prefeitura.

– A limpeza dos valões e a capina mecânica são essenciais nessa época do ano, quando pernilongos e outros insetos proliferam com o calor, lixo e mato alto. Com certeza, vamos ter dias mais tranquilos, sem esse tormento agora – ressaltou Jussiara.

A esteticista Jussiara Alvarez da Costa, de 32 anos,se disse feliz com a limpeza de rios e capinas no bairro: “Ajudam a reduzir pernilongos e outros insetos”. Foto: Marcelo Piu/ Prefeitura do Rio

O aposentado Gilberto Batista, de 73 anos, disse que nasceu no bairro e nunca tinha visto um mutirão do governo municipal por lá.

– A ordenação das calçadas, que garanta nosso direito de ir e vir, sem carros e carcaças de veículos abandonados  sobre os passeios, além da colocação de placas de sinalização adequadas e operação tapa-buracos, também vão nos ajudar muito – agradeceu Gilberto.

O aposentado Gilberto Batista, de 73 anos, disse que nasceu no bairro e nunca tinha visto um mutirão do governo municipal por lá. “Queremos ter a garantia de ir e vir nas calçadas”. Foto: Marcelo Piu/ Prefeitura do Rio

CRIVELLA CONFERE ANDAMENTO DE OBRAS NA CAROBINHA

Crivella aproveitou para conferir, na vizinha comunidade Jardim Nossa Senhora das Graças, mais conhecida como Carobinha, em Campo Grande, as obras da Prefeitura que estão sendo executada desde o último dia 10, a pedido dos moradores. Acompanhado do secretário de Infraestrutura e Obras, Sebastião Bruno, o prefeito percorreu vias que estão sendo asfaltadas, como a Estrada da Carobinha, e  verificou os trabalhos de limpeza de margens e dragagem de dois rios: Guarajuba e  Guandu Mirim.

O sub-bairro está passando também por limpeza geral das ruas. Quanto à iluminação, são centenas de pontos de luz que estão sendo trocados.

A limpeza do Rio Guarajuba foi checada pelo prefeito e sua equipe, na localidade de Carobinha. Foto: Marcelo Piu/ Prefeitura do Rio

SAIBA MAIS SOBRE O CUIDAR DA CIDADE

Desde que o programa de zeladoria foi criado, em janeiro, diversas áreas em 28 bairros já foram beneficiadas por mais de 20 mil ações. Desenvolvido pela Secretaria Municipal da Casa Civil, em conjunto com o Centro de Operações Rio (COR) e a Central 1746, o mutirão de zeladoria estabelece um calendário de ações que mobiliza órgãos municipais como a Subsecretaria de Conservação; as secretarias de Saúde e Educação; Comlurb;  Rioluz;  Fundação Parques e Jardins; CET-Rio; Vigilância Sanitária e Guarda Municipal, entre outros.

CUIDAR DA CIDADE JÁ PASSOU PELOS SEGUINTES LOCAIS:

ZONA NORTE

– Tijuca/Praça Afonso Pena

– Tijuca/Praça Saens Peña

– Ilha do Governador/Ribeira

– Ilha do Governador/Pitangueiras

– Rocha Miranda

– Méier

– Vigário Geral

– Pavuna

– Penha

ZONA OESTE

– Bangu

– Padre Miguel

– Santa Cruz

– Campo Grande

– Cidade de Deus

– Inhoaíba

– Campo Grande / Conjunto da Marinha

– Vila Valqueire

– Pechincha

– Paciência

– Anil

– Realengo

– Recreio dos Bandeirantes

– Cosmos

– Vila Moretti (Bangu)

– Jardim Caxangá (Senador Vasconcelos)

– Santíssimo

CENTRO

ZONA SUL

– Leblon

– Copacabana

– Serzedelo Correia