Mutirão da Prefeitura em Bangu segue até este sábado, com destaque para obras e vacinação contra sarampo

A enfermeira Suelen de Oliveira aplica vacina contra sarampo em Sônia Regina de Jesus. "Meus filhos eu sei que foram vacinados, mas eu, não me lembro", justificou Sônia. Foto: Marcos de Paula/ Prefeitura do Rio

O  prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, acompanhou nesta sexta-feira (14/02) as  obras de reforma da Escola Municipal Maria Quitéria, na Rua Nova Prata, na Comunidade Catiri, em Bangu, na Zona Oeste, e, também, as ações da 53° edição do programa de zeladoria Cuidar da Cidade, na mesma região. Na escola, onde estudam 440 crianças,  do 1º ao 5º ano, o prefeito conversou com professores  e estudantes, que também estão recebendo os novos uniformes, com tênis incluídos no kit escolar pela primeira vez. Depois de andar pelo bairro e conversar com moradores, o prefeito aprovou o ritmo de andamento das ações. Um dos destaques do mutirão de serviços, que reúne várias secretarias e órgãos, é a  vacinação contra o sarampo, que tem atraído adultos.

– O trabalho no Catiri continua. Estamos aqui em um grande mutirão. Podando árvores, cuidando de praça, fazendo  vacinação, dando atenção às pessoas que estão em busca de emprego e lutando para conseguir uma entrevista. Também estamos colocando mais de 200 toneladas de asfalto nas ruas, limpando bueiros e trocando lâmpadas. A luta é grande, mas estamos mudando o Catiri para melhor – afirmou Crivella.

 

A Escola Municipal Maria Quitéria, que tem 440 alunos, está sendo toda reformada. Foto: Marcos de Paula/ Prefeitura do Rio

 

A reforma da escola, uma das 1.540 unidades que estão recebendo novos uniformes, junto com calçados, inclui troca de piso, recuperação do telhado e parte elétrica, pintura geral e restauração de equipamentos, como carteiras, cadeiras e papeleiras. A escola tem 16 turmas, sendo seis funcionando em turno único e dez em horário parcial. Ao todo, com o bom preço que conseguiu nos uniformes, o governo municipal economizou R$ 5,4 milhões. Por exemplo, cada camiseta custou R$ 7,30 contra R$ 10 na administração anterior.

 

Emissão de Carteiras de Trabalho é um dos serviços mais procurados pela comunidade. Foto: Marcos de Paula/ Prefeitura do Rio

 

Vacinação de adultos surpreende

De acordo com a coordenadora administrativa em Saúde da localidade, Iris Moraes, a vacinação contra o sarampo em adultos está superando a infantil. Curiosamente, 60% das 55 pessoas vacinadas em pouco mais de 24 horas são adultas.

– Os pais estão sendo mais vacinados. A maioria deles, ao contrário dos filhos, não tem mais carteiras de vacinação e, na dúvida se já foram vacinados ou não, estão sendo imunizados – justificou Iris, lembrando que a vacinação, que está sendo realizada no pátio da Escola Maria Quitéria, se estenderá até amanhã no local ao meio-dia. No dia 7 de março, está prevista um dia D de vacinação contra a doença e todo município.

Sônia Regina de Jesus, de 49 anos, foi uma das que foram vacinadas hoje.

– Meus dois filhos eu tenho certeza que já se vacinaram, pois tenho os registros em cadernetas. Mas eu não faço mais ideia. Por isso resolvi tomar a vacina – disse Sônia.

 

Na Escola Maria Quitéria, além das obras, estudantes estão recebendo uniformes, que pela primeira vez inclui tênis no kit escolar. Foto: Marcos de Paula/ Prefeitura do Rio

 

Mais diálogo com os moradores

A exemplo de quinta-feira, depois de se encontrar com alunos, pais de estudantes e professoras, Crivella percorreu ruas da comunidade, surpreendendo os moradores. Alguns fizeram questão que o prefeito entrasse em suas casas.

 

Bruna de Oliveira, de 21 anos, comemorou o fato de ter conseguido tirar sua primeira Carteira de Trabalho, um dos principais serviços oferecidos à população pelo mutirão. Foto: Marcos de Paula/ Prefeitura do Rio

 

– Nunca vi um prefeito voltar aqui várias vezes em tão pouco tempo. Estamos nos sentindo prestigiados. Os serviços estão ficando excelentes – atestou o pedreiro José Gomes, de 64 anos.

Bruna de Oliveira, de 21 anos, comemorou o fato de ter conseguido tirar sua primeira Carteira de Trabalho, um dos principais serviços oferecidos à população pelo mutirão. Ela é uma das cerca de 100 pessoas que se cadastraram para possíveis vagas de trabalho, com encaminhamentos feitos pelo Governo Municipal.

– Também fui encaminhada para entrevista numa empresa. Tudo aqui, na porta da minha casa, praticamente – comemorou.

 

Ações da Prefeitura em Catiri, incluem reforma de praça. além de reforço no asfalto e iluminação pública. Foto: Marcos de Paula/ Prefeitura do Rio

 

Mais sobre o Cuidar da Cidade em Catiri

A recuperação de ruas, praças e escolas vai beneficiar mais de 16 mil pessoas que vivem na comunidade, de acordo com a presidente da associação de moradores local, Uellen Goulart.  Nesta edição do Cuidar da Cidade foram programadas inicialmente ações para atender  a 392 demandas. As principais solicitações são referentes a iluminação pública (81), drenagem (79) e pavimentação (72). Mas a Prefeitura faz sempre muito mais do que o previsto. E nisso está o ponto principal do programa: levar um mutirão de serviços para responder a necessidades mais urgentes dos moradores no dia a dia do bairro ou da região onde vivem.

 

O piso, que era de ardósia, está sendo trocado para outro, antiderrapante, mais seguros para os alunos. Foto: Marcos de Paula/ Prefeitura do Rio

 

Além do Cuidar da Cidade, a Prefeitura montou a estrutura do Gabinete Itinerante na Escola  Maria Quitéria. Os moradores de Catiri estão tendo acesso a uma série de serviços oferecidos por diversos órgãos municipais, incluindo vacinação contra sarampo e arboviroses; consulta a boletim escolar e matrícula on-line; retirada de cartão do idoso para estacionamento; agendamento para entrevistas de empregos e para castração de cães e gatos.